O que é e como funciona um aerógrafo.

Tipos de aerógrafos

Aerógrafo de mistura interna – é um tipo de pistola onde a pintura é atomizada dentro da ponta do aerógrafo. É dentro da pistola que se misturam tinta e ar. Estes aerógrafos produzem um jato muito suave, a ponto de imitar a textura de fotografias. Inicialmente desenvolvidos para trabalhos no campo de propaganda, estes aerógrafos são hoje muito usados para  acabamento fino, hiper-realismo, e onde quer que um pulverizador macio e delicado seja requerido.

1

Aerógrafo de mistura externa – é um tipo de pistola onde a pintura é atomizada fora da ponta do aerógrafo. É fora da pistola que se misturam tinta e ar. Aqui o resultado da pintura é mais grosso. É ideal para pulverizar grandes áreas e fundos.

2

Aerógrafo de ação simples – pistola que é ativada apenas comprimindo-se o gatilho superior, fazendo com que tinta e ar sejam disparados simultaneamente. Sua utilização é bem simples e por isso, também limitada.

3

Aerógrafo de dupla ação -  Neste modelo, quando apertado o gatilho, dispara-se apenas o ar, e a medida em que o gatilho é puxado para trás, é liberada a tinta. A pistola permite através do gatilho a regulagem da quantidade de tinta que se pretende pulverizar, podendo produzir traços muito finos, ou jatos maiores. É o modelo mais utilizado pelos artistas, uma vez que, sabendo pintar com o aerógrafo de dupla ação, você está apto a usar qualquer outro tipo de aerógrafo.

4a 4c 4b

Fontes de ar

O que é sempre indicado é um compressor.

Existem modelos especialmente desenvolvidos para a aerografia que podem ser encontrados em nossa loja, mas qualquer compressor de ar pode ser adaptado para o uso com aerógrafos. Você precisa de um regulador de ar ligado à saída do compressor. O regulador de ar geralmente está acompanhado de um filtro, extremamente necessário para retirar a umidade do ar, e só depois do regulador e do filtro é que vem a mangueira fina onde será encaixado o aerógrafo. Escolha um comprimento que permita uma boa movimentação. Existem modelos de compressores que são silenciosos, ideal para quem pretende trabalhar durante muitas horas. Ajuste o  regulador da pressão do ar em 25 libras para ilustração e arte final (essa é a pressão mais adequada para a maioria dos aerógrafos), e em no máximo 60 libras para camisetas e pintura automotiva (verifique a pressão máxima tolerada pelo seu aerógrafo).  A pressão mais baixa causa um jato de tinta irregular produzindo as “gotas”, e a pressão muito alta pode causar danos ao aerógrafo. É comumente usado um compressor de inalação pois é silencioso e muitas pessoas já tem um em casa, mas para que ele funcione bem são necessárias algumas adaptações.

A limpeza

A limpeza do aerógrafo é fundamental para o seu funcionamento adequado.
O aerógrafo deve ser limpo entre a troca das cores, e ao final de cada seção de trabalho.
Qualquer resíduo de tinta que fique no aerógrafo, afetará a cor seguinte.
Evite também que partículas de tinta sequem dentro do bico do aerógrafo. O aerógrafo entope facilmente se encontrar partículas sólidas de tinta. 
Uma boa dica é sempre coar a tinta antes de usá-la no aerógrafo (use meias de seda velhas), e ter certeza de que a tinta usada está misturada na devida proporção (com água ou o seu solvente específico), estando leitosa. O procedimento de limpeza é bem simples.

www.modelismoalpha.com.br

Leave a Reply